Eficiência Das Dimensões Dos Processos Building Information Modeling No Ciclo De Vida Das Edificações

Análise De Implementação Em Pequenas Empresas

Autores/as

  • Gediel da Silva Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul (UNIJUÍ), Santa Rosa, RS, Brasil https://orcid.org/0000-0001-6139-5235
  • Andréia Balz Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul (UNIJUÍ), Santa Rosa, RS, Brasil
  • Éder Claro Pedrozo Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul (UNIJUÍ), Santa Rosa, RS, Brasil

Palabras clave:

BIM, Construção civil, Modelo integrado, Processos informatizados, Simulação digital, Tecnologia, Modelagem da informação da construção

Resumen

O setor da construção civil, em decorrência das transformações do mundo globalizado e dos avanços da tecnologia
da informação, está passando por um período de transição quanto às metodologias empregadas nas diferentes fases de
projeto, execução e operação. Atrelado a isso, surge a tecnologia Building Information Modeling, possibilitando a
concepção de projetos arquitetônicos e de engenharia mais complexos. Ademais, baseado na interoperabilidade
interdisciplinar, traz benefícios diretos à qualidade e ao desempenho dos empreendimentos. Neste estudo, buscou-se
analisar a eficiência proporcionada pelas diferentes dimensões dos processos BIM no ciclo de vida das edificações,
abordando suas definições e complementando a pesquisa através da realização de uma análise de campo a respeito da
implementação da tecnologia em pequenas empresas do setor construtivo. Constatou-se que, o processo de transição
ainda apresenta algumas barreiras, como a falta de conhecimento dos profissionais da área, a demanda de investimentos
relativamente altos, além da necessidade de romper padrões culturais e paradigmas. No entanto, as empresas estudadas
assumem que é inegável que o modelo de projetos integrados oferece inúmeros benefícios para todo o processo de
construção de edificações e até mesmo após a finalização destas, ou seja, as informações armazenadas contribuem para
a integridade dos empreendimentos durante todo o seu ciclo de vida.

Citas

MENEGARO, B. F.; PICCININI, A. C. Aplicação da metodologia BIM (Building Information Modeling) no processo de projeto, com foco em compatibilização. Monografia (Graduação em Engenharia Civil), Universidade do Extremo Sul Catarinense, 2017. Disponível em: http://repositorio.unesc.net/handle/1/5878. Acesso em: 19 jun. 2019.

COELHO, K. M. A Implementação e o Uso da Modelagem da Informação da Construção em Empresas de Projeto de Arquitetura. Dissertação (Mestrado em Ciências), Escola Politécnica da Universidade de São Paulo, Departamento de Engenharia de Construção Civil. São Paulo, 2017. Disponível em: https://www.teses.usp.br/teses/

disponiveis/3/3153/tde-13032017-100600/publico/KarinaMatiasCoelhoCorr17.pdf. Acesso em: 20 jun. 2019.

KOELLN, F. P. Tecnologia BIM na Construção Civil: Composição de Custo Direto. 2015. 92 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharel Engenharia Civil) – Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, RS, 2017.

EASTMAN, C.; TEICHOLZ, P.; SACKS, R.; LISTON, K. MANUAL DE BIM – Um Guia de Modelagem da Informação da Construção para Arquitetos, Engenheiros, Gerentes, Construtores e Incorporadores. Porto Alegre: Bookman Editora, 2014.

GONÇALVES JR., F. Os 3 principais entraves na adoção do BIM na engenharia civil. 2016. Disponível em: http://maisengenharia.altoqi.com.br/bim/os-3-principais-entraves-naadocao-do-bim-na-engenharia-civil/. Acesso em: 17 jun. 2019.

CONSELHO DE ARQUITETURA E URBANISMO DO PARANÁ – CAU/PR. Fluxos BIM para desenvolvimento de projetos arquitetônicos. Curitiba/PR, 2019. Disponível em: http://www.caupr.org.br/wp-content/uploads/2019/01/FLUXOS-BIM.pdf. Acesso em: 24 jun. 2019.

MASOTTI, L. F. C. Análise da Implementação e do Impacto do BIM no Brasil. 2014. 79 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Civil) - Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, SC, 2014.

GONÇALVES JR., F. 2018. BIM: Tudo o Que Você Precisa Saber Sobre Esta Metodologia. Disponível em: http://maisengenharia.altoqi.com.br/bim/tudo-o-que-voce-precisa-saber. Acesso em: 26 de jun. 2019.

ANDRADE, L. S. A Contribuição Dos Sistemas BIM Para O Planejamento Orçamentário das Obras Públicas: Estudo de Caso do Auditório e da Biblioteca de Platina. Dissertação (Mestrado em Arquitetura e Urbanismo), Universidade de Brasília. Brasília, 2012.

BARBOSA, Ana Cláudia Monteiro. A Metodologia BIM Aplicada a um Caso Prático. Dissertação de Mestrado (Engenharia Civil), Instituto Superior de Engenharia do Porto. Porto, 2014.

MATTOS, A. D. 2014. BIM 3D, 4D, 5D e 6D. Disponível em: http://blogs.pini.com.br/posts/Engenharia-custos/bim-3d-4d-5d-e-6d-335300-1.aspx. Acesso em: 26 jun. 2019.

SALGADO, M. S.; CHATELET, A.; FERNANDEZ, P. Produção de edificações sustentáveis: desafios e alternativas. Revista Ambiente Construído, Porto Alegre, v. 12, n. 4, out./dez. 2012. p. 81-99. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/ac/v12n4/07.pdf. Acesso em: 25 jun. 2019.

PINTO, Bianca Fonseca. Avaliação dos Benefícios da Manutenção Preventiva Apoiada em Modelo BIM. Monografia de Projeto Final, Departamento de Engenharia Civil e Ambiental, Universidade de Brasília, Brasília, 2018. Disponível em: http://bdm.unb.br/bitstream/10483/20552/1/2018_BiancaFonsecaPinto_tcc.pdf. Acesso em: 24 jun. 2019.

REIS, Alexandre António Rodrigues. Utilização de Ferramenta BIM Para a Segurança na Construção. Dissertação (Mestrado Integrado em Engenharia Civil), Universidade do Porto. Porto, 2018.

GOMES, V.; BARROS, N. N. Contribuição da modelagem BIM para facilitar o processo de ACV de edificações completas. Revista Gestão & Tecnologia de Projetos – IAU USP, São Carlos, v. 13, n. 2, p. 19-33, 2018.

Descargas

Publicado

2021-09-04